Passar para o Conteúdo Principal
Hoje
Hoje
Amanhã
Amanhã
Depois
Depois

siga-nos   Facebook município de Vila Flor

partilhar  Partilhar Carrazeda de Ansiães

União de Freguesias de Vilas Boas e Vilarinho das Azenhas

Santu rio de nossa senhora da assun  o 211 1 736 2500

Presidente - Bruno Augusto Páscoa Pintinha Maia Evaristo
Secretário - António Abel Fraga
Tesoureiro - Mariana Filipa Calixto Marques

Orago:
 Santa Maria Madalena
População: 659 hab.
Actividade Económica: Olivicultura, Vinicultura, Pastorícia
Festas e Romarias: N.ª Sra. Assunção – 14 e 15 Agosto, Santa Eufémia – 3º Domingo Setembro, Santa Maria Madalena – 22 Julho, Assunção do Senhor – 6º Domingo depois da Páscoa
Património:Miradouro e Santuário de N.ª Sra. Assunção, Igreja de Sta. M.ª Madalena, Capela de N.ª Sra. do Rosário, Capela de S. Sebastião, Capela de Sto. António, Cruzeiro Sra. do Rosário, Pelourinho, Brasão da Câmara e Brasão da Baronesa de Alverca, Casa da Câmara, Fonte das Cerdeiras, Fonte Santa, Fonte da Lameira, Capela de Sta. Marinha em Meireles, Azenha Nova, na Ribeirinha, Capelas Velha e Nova de Sto. António, em Ribeirinha, Castro N.ª Sra. da Assunção, Castro Romanizado, Relógio de sol, Casarelhos habitat romano, em Meireles, Olival do Rei, habitat romano, na Ribeirinha, Igreja de Sta. Justa, Capela do Espírito Santo, Capela das Onze Mil Virgens, Santuário N. Sra. Remédios, Fonte Velha, Lagares de Azeite, Cruzeiros, Azenhas no rio Tua Miradouro N. Sra. dos Remédios, Ponte do rio Tua, Estação de Caminhos de Ferro, Castelo Velho em Vilarinho das Azenhas
Gastronomia: Rojões, aquando da matança do porco, Folar da Páscoa, Alheiras com Grelos, Cordeiro assado na Brasa e folares
Artesanato: Estatuetas esculpidas em Madeira, Rendas, Bordados, Ferraria
Aldeias Anexas: Meireles, Ribeirinha e Vilarinho das Azenhas

 
De povoamento muito remoto, Vilas Boas vê o seu nome associado aos povos romanos. Vilas eram unidades agrárias do tempo dos romanos e Boas significa que os solos desta freguesia eram bastante férteis. A antiguidade da fundação desta freguesia é confirmado também pela arqueologia. No monte de Nossa Senhora da Assunção existe um castro que viria a ser romanizado posteriormente. Nesse local ainda se podem ver vestígios de uma muralha. Vila e sede de concelho até 1836, viria a ser integrada nesta data no Concelho de Vila Flor. Conserva ainda o Pelourinho, símbolo de autonomia municipal. Do património artístico religioso temos a Igreja Paroquial dedicada a Santa Maria Madalena, de estilo barroco, construída no séc. XVIII, mas com friso da época manuelina na parte posterior da sacristia.
O Santuário de Nossa Senhora da Assunção é considerado o maior Santuário Mariano de Trás-os-montes, tem uma Igreja principal, várias capelas pequenas espalhadas e um escadório monumental.
Fazem ainda parte do espólio cultural desta freguesia vários solares brasonados, fonte e um cruzeiro.
Vilas Boas é uma terra rica quer em história, quer em cultura e cheia de curiosidades.
Há um sítio ao qual chamam Pia das Feiticeiras onde há uma
caverna com mais de 2 metros de altura e onde cabem uma dúzia de homens.
 
Meireles – No sopé do Monte de Nossa Senhora da Assunção, situada a 350 metros e já virada para o lado oposto a Vilas Boas, encontra-se esta aldeia anexa onde também se afirmaram povos romanos, sendo disso prova o lugar da Moura, a meia encosta, e as Casinhas, para os lados da serra do Faro.
 
Ribeirinha – A 200 metros fica esta outra anexa, mais pequena. Ali existe uma azenha com uma roda de ferro que ainda funciona para rega. O rio Tua, que ali passa, serve de regalo a quem o procura para banhos e mergulhos e ainda atrai modalidades variadas tais como a pesca desportiva e passeios de barco. O Olival do Rei é o lugar onde os vestígios arqueológicos encontrados provam ter existido presença de romanos.

Vilarinho das Azenhas - Situada na margem esquerda do rio Tua, a Noroeste da sede do Concelho, Vilarinho das Azenhas tem a génese desse nome à existência de azenhas nesse lugar. Antigamente esta freguesia possuía uma forte tendência para o trabalho artesanal. Tinha vários lagares de azeite e algumas azenhas situadas no rio Tua das quais ainda se pode apreciar duas, a azenha de uma roda e a azenha de três rodas.
Aldeia de povoamento remoto, podemos observar vestígios de uma acrópole no centro da aldeia. O castelo velho é um castro sobranceiro ao vale do Tua, onde se podem observar vestígios de uma muralha. É também de interesse turístico a ponte que une as duas margens do rio Tua.
Do espólio religioso podemos admirar a Igreja de Santa Justa, de estilo barroco, construída no séc. XVIII. Para dispor de uma excelente panorâmica pode usufruir do Santuário de Nossa Senhora Remédios onde temos uma capelinha, coreto e casa dos milagres.

Rua do Lameiro, n.º 48 5360-493 Vilas Boas

967357007

Aceda à sua Área de Munícipe para ter acesso aos Serviços Online, Gestão de Newsletters entre outras funcionalidades.

Câmara Municipal de Vila Flor mais contactos »

Avenida Marechal Carmona
5360-303 Vila Flor

Telefone 278 510 100
Fax 278 512 380
E-mail geral@cm-vilaflor.pt

  • logótipo wc3
  • logótipo compete
  • logótipo gren
  • logótipo ue
  • impresa wiremaze