Passar para o Conteúdo Principal
Hoje
Hoje
Amanhã
Amanhã
Depois
Depois

siga-nos   Facebook município de Vila Flor

partilhar  Partilhar Carrazeda de Ansiães

União de Freguesias de Assares e Lodões

Mvc 058f 1 736 2500

Presidente: Fernando Amílcar dos Santos Passeira
Secretário: Carla Maria da Silva Leite
Tesoureiro: Dora da Conceição Tomé Moutinho dos Santos

Assares

Orago: S. Miguel
População: 241 hab.
Actividades Económicas: Vitivinicultura, Olivicultura, Fruticultura, legumes e Pecuária
Festas e Romarias: Festa de S. Miguel, 29 Setembro
Património: Capela do Santíssimo Sacramento, Alminhas, Ruínas da Capela de S. Sebastião, Igreja Matriz, Cova da Moura e Cabeço da Mina
Gastronomia: Cordeiro Assado, Sopa de Alheiras,Fumeiro e Folar
Artesanato: Rendas, Bordados, Colchas e Tapetes

Assares situa-se na margem direita do Vale da Vilariça, a cerca de 11 Km do centro da Vila. O vocábulo Assares tem várias teses quanto á sua origem de entre elas destaca-se a de Pinho Leal que diz que Assares provém da palavra árabe Aça, cujo plural é Assares e que significa Povoação das Lanças. O povoamento deve ser muito anterior ao séc. XII. Supõe-se e crê-se pelos vestígios encontrados, que no Fiolho deveria ter existido um dos castros que ladeavam o Vale da Vilariça no tempo romano - suévico.

Segundo o foral de D. Sancho II a Santa Cruz, o seu repovoamento terá tido lugar nos sécs. XI e XII. Mas esta localidade aparece muito antes do foral concebido por D. Sancho II e pertencia ao Concelho da Junqueira. D. Dinis retira parte do termo a Moncorvo e dá-o a Vila Flor, passando assim Assares para este concelho no qual se mantém durante os sécs. XIII e XIV. O culto a S. Miguel é muito remoto. Rica em história, Assares apresenta vários vestígios que o justificam, sendo as estrelas e raios numa rocha da Cova da Moura disso exemplo. O cabeço da mina não é menos importante pois é considerado um dos mais importantes achados da pré-história portuguesa. No meio da povoação está situada a capela do Santíssimo sacramento que serve de igreja matriz. À entrada da povoação ficam as alminhas de Nosso Senhor Crucificado.

Lodões

Orago: S. Tiago
População: 187 hab.
Actividade Económica: Olivicultura, Pastorícia e Amêndoa
Festas e Romarias: S. Tiago – 25 Julho
Património: Igreja S. Tiago, Capela Nª. Sra. do Rosário, Solar dos Reimão de Menezes, Fonte Romana, Largo da Vila com vista sobre o Vale da Vilariça, Castro S. Pedro e Habitat Romano de S. Pedro
Gastronomia: Sopas da Cegada, Alheiras com Grelos e Folar
Artesanato: Fumeiro, Queijo de Ovelha e Rendas

Povoação pequena, situada na margem direita da Ribeira da Vilariça, afluente do rio Sabor, Lodões já um passado muito remoto, surgindo referência a “Lodones” nos forais de Santa Cruz da Vilariça, nas inquirições de 1258 e mais tarde no foral de Vila Flor. Segundo alguns estudiosos da matéria o nome deve-se à árvore Lodão que abundava na zona onde hoje se encontra a aldeia, quer pela generosidade da água quer pelos solos adequados.

A situação em pleno fértil vale da Vilariça e junto à estrada que vai de Bragança a Coimbra, abrigada pelo monte de pomares ou Alto dos Corvos, permitem ter condições de vida invejáveis. Daí que a agricultura seja a base do trabalho dos locais com produções abundantes de batata, feijão, cereal, azeitona, vinho, amêndoa e diversas frutas e hortaliças.

No meio da povoação encontra-se a capela de Nª. Sra. do Rosário, referenciada do séc. XVI. O largo da fonte é o ponto de encontro da aldeia e é aqui que se encontra a fonte romana datada de 1680 e mais acima sobranceira ao Alto dos Corvos, ergue-se majestosa a igreja matriz, reconstruída no séc. XVIII.

Sobranceiro ao Vale da Vilariça encontra-se o Castro de S. Pedro, com fortes indícios de romanização. Ao fundo deste castro podem vislumbrar-se vestígios de um habitat romano. Na encosta do monte que tem para norte e noroeste, os pombais ilustram a paisagem.

Rua 25 de Abril, 5360-011 Assares

939461908

Aceda à sua Área de Munícipe para ter acesso aos Serviços Online, Gestão de Newsletters entre outras funcionalidades.

Câmara Municipal de Vila Flor mais contactos »

Avenida Marechal Carmona
5360-303 Vila Flor

Telefone 278 510 100
Fax 278 512 380
E-mail geral@cm-vilaflor.pt

  • logótipo wc3
  • logótipo compete
  • logótipo gren
  • logótipo ue
  • impresa wiremaze